Publicado em 27 de julho de 2020 as 10:17

COMPARTILHE

Somos uma Fintech de Consultoria Empresarial com foco na gestão financeira para resultados. Diminuimos riscos e aumentamos sua liquidez.

Realizar uma gestão financeira eficiente é uma tarefa essencial para o sucesso de qualquer negócio. No entanto, por descuido ou inexperiência muitos gestores acabam cometendo erros na execução dessa tarefa e comprometem o bom desempenho da empresa, prejudicando o seu crescimento e gerando consequências nada agradáveis. Veja a seguir por que é importante e como fazer uma boa gestão financeira.

Gestão financeira: qual a sua importância?

Podemos definir gestão financeira como um conjunto de estratégias adotadas para garantir o desempenho satisfatório de uma empresa. O gestor precisa tomar decisões importantes que definirão os rumos da organização.

Uma boa gestão financeira é crucial para o crescimento saudável e sustentável de qualquer empresa, não importa se ela é de pequeno, médio ou grande porte. Para evitar surpresas desagradáveis, veja a seguir dicas de como realizar uma boa gestão do seu negócio.

Como fazer uma boa gestão financeira

A seguir, alguns passos básicos, mas extremamente necessários e que têm retorno garantido.

Planejar e acompanhar o fluxo de caixa

O planejamento, a elaboração e o acompanhamento do fluxo de caixa são fundamentais em todo negócio e deve ser realizado de acordo com os objetivos da empresa e do que se espera dela no futuro. É importante inserir todas as despesas, receitas e demais transações por mais que não pareçam importantes naquele momento.

Com um controle frequente do fluxo de caixa é possível identificar a necessidade de investimentos, se há ou não gastos desnecessários, reduzir despesas e direcionar os recursos da melhor forma.

Manter o estoque sob controle

É importante observar sempre como anda o estoque da empresa. Ter esse cuidado reduz o risco de desgaste e perda definitiva de produtos e a compra em excesso. Um estoque bem gerenciado também pode sinalizar a necessidade de alteração de preços entre outras informações valiosas para a gestão de compras.

Separar conta pessoal da conta profissional

Uma dica comum, mas não levada tão a sério como deveria. Para uma gestão financeira saudável, as contas pessoais do administrador não devem se misturar com as contas da empresa. Essa prática tão comum, principalmente entre empresas menores e familiares, aumenta as despesas, dificulta o controle de gastos e interfere no seu crescimento.

É preciso estabelecer regras claras, discutidas entre todos os sócios da empresa, que imponham limites impedindo a recorrência dessa prática.

Acertar na hora de precificar produtos

Definir um preço com base nos valores que a concorrência aplica é uma forma correta de estabelecer o quanto vale o seu produto, mas não deve ser o único parâmetro no qual você deve se basear.

Os produtos devem ser precificados após análises detalhadas, levando em conta os custos da sua produção, as características de cada produto, a demanda do mercado, a margem de lucro necessária para a viabilidade do negócio dentre outros indicadores.

Ter capital de giro para investir

O capital de giro é importante para realizar investimentos na empresa e, dessa forma, o negócio possa se expandir. Portanto, se a sua empresa ainda não tem capital de giro é preciso repensar e mudar isso.

Além de servir como investimento, o capital de giro funciona como um amortecedor das contas da empresa durante períodos de crise, evitando que o gestor tenha que recorrer a empréstimos com juros abusivos.

Saber o que fazer com a rentabilidade da empresa

O negócio está rendendo bons lucros, mas se o gestor não sabe o que fazer com essa informação e com essa receita, é difícil que a empresa consiga sentir de fato o impacto dessa boa notícia. Aumentar as receitas é tão importante quanto saber o que fazer com elas.

Uma boa gestão financeira se faz com a maximização dos lucros e o direcionamento correto e planejado do dinheiro que entra. O gestor pode optar por novos investimentos, quitação de dívidas ou até mesmo pela criação de uma reserva de emergência, desde que saiba de fato o que está fazendo.

Fazer análise periódica da gestão

Depois de planejar e pôr em prática, é hora de avaliar os resultados. É necessário fazer essa análise periodicamente para perceber falhas a tempo de corrigi-las. Também é durante esse momento que se verifica quais pontos positivos precisam ser reforçados.

O que acontece quando você realiza uma boa gestão financeira

Quer saber mais vantagens de uma gestão financeira eficiente? Confira algumas.

  • Informações mais claras e dados mais precisos: dois pontos fundamentais para facilitar e orientar a tomada de decisões.
  • Melhor direcionamento dos recursos disponíveis.
  • Maior controle e gerenciamento sobre todas as finanças da empresa, muito importante para momentos em que for necessário fazer alguma retirada urgente.
  • Visão a longo prazo orientando a necessidade ou não de investimentos.
  • Redução de despesas e otimização dos lucros.
  • Crescimento da empresa de forma mais segura e direcionada.
  • Mais competitividade.
  • Definição mais exata de pró-labore para cada sócio, garantindo mais rentabilidade a todos.

Fazer uma gestão financeira eficiente não é uma tarefa tão simples. Um pequeno descuido pode ser responsável por estragos gigantescos. Por isso, é importante dar passos firmes e bem planejados para reduzir os riscos e garantir um retorno financeiro satisfatório através do sucesso da empresa.

Imagem por FreePik – www.freepik.com

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Quer acesso a materiais gratuitos?

Receba gratuitamente novidades sobre gestão financeira, crédito e empreendedorismo.

Veja também


16 de dezembro de 2020

A Viabiliza conseguiu equilibrar os indicadores da SambaTech a partir de mudanças simples no fluxo de caixa da empresa. Vem saber mais!

7 de dezembro de 2020

Conheça agora os principais erros cometidos por gestores no gerenciamento de seus negócios.

indicadores-financeiros-quais-sao-como-aplicar

25 de novembro de 2020

As ferramentas de gestão facilitam muito o trabalho do gestor. Algumas dessas ferramentas são os indicadores financeiros que medem o desempenho da empresa.

Planejamento para concluir o investimento

Oferecemos a melhor experiência de crédito para Empreendedores

Viabiliza – Todos os Direitos Reservados

FALE COM UM CONSULTOR.

FALE CONOSCO.

Se preferir, entre em contato através de um dos canais abaixos.